Artigo da seção pessoas Ulisses Tavares

Ulisses Tavares

Artigo da seção pessoas
Teatro  
Data de nascimento deUlisses Tavares: 18-06-1971 Local de nascimento: (Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte)

Biografia
Ulisses da Cunha Tavares (Belo Horizonte, MG, 1971). Artista bonequeiro, designer de bonecos, desenvolvedor de projetos, produtor, diretor de espetáculos, cenógrafo, escritor, locutor, videoartista e fotógrafo. Inicia a carreira no campo das artes com atividades relacionadas à produção de espetáculos musicais, percorrendo, com o tempo, diversas áreas da produção teatral e audiovisual.

Com Beatriz Apocalypse (1969) e Marcos Malafaia (1965) divide a direção do grupo  Giramundo Teatro de Bonecos. Entra para o grupo a convite de Marcos e Beatriz, colegas do ensino médio, no contexto de preparação do espetáculo A Flauta Mágica, adaptada para teatro de bonecos e orquestra. Já com experiência prévia em ferramentaria, integra a oficina como aprendiz, mas na estreia da ópera de Mozart – que compõe a programação de reabertura do Theatro Municipal de São Paulo, em 1991, durante anos fechado para reformas – Ulisses  Tavares é convocado a atuar como manipulador de bonecos em virtude da saída de uma artista do elenco. Passa a ser responsável, com a supervisão de Álvaro Apocalypse (1936-2003), pela construção dos bonecos e ministra, em diferentes períodos, uma série de oficinas. É autor de cinco livros que compõem o projeto Miniteatro Ecológico, do Giramundo, e videoartista da minissérie Mitologia Grega, realizada em stop motion e veiculada no programa Fantástico, da TV Globo.

Desde 2008 participa do projeto Sesi Bonecos do Mundo como professor de animação em stop motion com a Oficina Quadro a Quadro, em parceria com Enzo Giaquinto e Guilherme Pam. Como locutor, participa de gravações de peças teatrais e campanhas publicitárias. Tem influências artísticas variadas, tais como os cartunistas Laerte (1951) e Fernando Gonsales (1961); a dupla multimídia O Grivo, dos artistas Marcos Moreira (1967) e Nelson Soares (1967); o iluminador e cenógrafo Felício Alves, parceiro do Giramundo; o Grupo Galpão de teatro; e os artistas mamulengueiros do Nordeste. O cineasta tcheco Jan Švankmajer (1934), o videoartista russo Garri Bardin (1941) e o grupo cômico inglês Monty Python também são referências em seu trabalho.

Outras informações de Ulisses Tavares:

  • Outros nomes
    • Ulisses da Cunha Tavares
  • Habilidades
    • diretor de teatro
    • produtor
    • cenógrafo
    • escritor
    • Locutor
    • videoartista
    • fotógrafo
  • Relações de Ulisses Tavares com outros artigos da enciclopédia:

Midias (1)

Itaú Cultural

Espetáculos (9)

Fontes de pesquisa (4)

  • ITAÚ CULTURAL. Ulisses Tavares: Ocupação Giramundo (2014). Videodocumentário. Disponível em: http://youtu.be/RBKIKH_hx9Q. Acesso em: 2 dez. 2014.
  • SESI Bonecos do Mundo. Objetos quadro a quadro: Ulisses da Cunha Tavares. Página web. Disponível em: http://www.sesibonecos.com.br/2011/workshops_rj/quadroaquadro. Acesso em: 2 dez. 2014.
  • TAVARES, Ulisses. Ulisses Tavares. Belo Horizonte: [s.n.], 2014. Entrevista concedida à Flávio Tonnetti por e-mail em 24 nov. 2014.
  • CENAPAULISTANA. São Paulo.Disponível em: < http://www.cenapaulistana.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1758:a-tempestade>. Acesso em : 30 de maio de 2011 Não catalogado

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ULISSES Tavares. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopediaitaucultural.org.br/pessoa510093/ulisses-tavares>. Acesso em: 19 de Ago. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7