Artigo da seção pessoas Rodrigo Cicchelli Velloso

Rodrigo Cicchelli Velloso

Artigo da seção pessoas
Música  
Data de nascimento deRodrigo Cicchelli Velloso: 1966 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)

Biografia

Rodrigo Cicchelli Velloso (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1966), compositor. Em 1990, torna-se bacharel em composição musical pelo Instituto Villa-Lobos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e, em 1996, doutor em composição musical pela University of East Anglia, Reino Unido. De 1995 a 1997, segue o Cursus de Composition et d'Informatique Musicale do Institut de Recherche et Coordination Acoustique/Musique (Ircam). Desde 1998, trabalha como professor associado na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atuando na graduação e na pós-graduação.

É aluno do compositor César Guerra-Peixe (1914-1993), do musicólogo Hans Joachim Koellreutter (1915-2005) e realiza o doutorado sob orientação do compositor eletroacústico neozelandês Denis Smalley (1946). Como bolsista do governo francês, frequenta cursos com o compositor Tristan Murail (1947), associado à técnica de composição espectral.

Suas obras são conhecidas mundialmente e premiada em eventos como o Concurso Villa-Lobos de Composição Musical (1987) da UFRJ, o Concorso Internazionale Luigi Russolo di Musica Elettroacustica da Fondazione Russolo-Pratella (1993/94/95), a Tribune Internationale de Musique Électroacoustique (1994) do International Music Council da Organização das Nações Unidas (IMC/UNESCO).

No ano 2008, lança o CD Eletro-Acústicas pelo selo ABM Digital. Produz e apresenta, desde outubro de 2010, o programa radiofônico semanal Eletroacústicas. Em 2012, recebe uma encomenda da Fundação Nacional de Artes (Funarte) para compor uma obra para a 20a Bienal de Música Brasileira Contemporânea de 2013.

Análise

Rodrigo Cicchelli Velloso é compositor reconhecido pela sutileza e refinamento do material sonoro. Montagens, colagens, modulações de amplitude, filtragens, reverberações, inflexões, acelerações, projeções espaciais, e quaisquer outros procedimentos que envolvam a utilização de meios eletrônicos e digitais, ganham vida na imaginação do compositor eletroacústico. Ele interfere no espectro sonoro  gravando sons preexistentes e processando-os, ou criando-os pelos métodos de síntese sonora.

Em Esboço de Thetis (1999), apresentada pela primeira vez durante o 29éme Festival International des Musiques et Créations Électronique, em Bourges, França, Cicchelli debruça-se sobre sons de percussão metálica, de síntese vocal e de modelos de ressonância para abordar as variações de timbre/harmonia, de ritmo e de forma, produzindo uma teia de relações sonoras e poéticas.

Em Fagotes Bifurcados (2004), Rodrigo Cicchelli apresenta uma composição mista para fagote e eletrônica. Nela, o instrumento solista realiza permutação constante de alturas e ritmos enquanto a parte eletrônica fornece suportes de pulsações em permanente transformação, ou permite um jogo de filtragens e delays dos sons do fagote, controlados pelo próprio instrumentista em tempo real, por meio de pedais MIDI1 e de software. O resultado é uma audição que sugere as mais variadas causalidades na imaginação do ouvinte.

O compositor também é reconhecido pelo trabalho de pesquisa e desenvolvimento de ferramentas para a composição mista, buscando criar aplicativos que forneçam meios de gerar e transformar o material musical, auxiliando compositores na escrita instrumental, na síntese e no tratamento sonoro.

Nota

1 (Musical Instrument Digital Interface) – Sigla criada nos anos 1980, por fabricantes de sintetizadores japoneses e norte-americanos, com o intuito de padronizar a linguagem musical utilizada na conexão e  transferências de dados entre instrumentos musicais e computadores.

Outras informações de Rodrigo Cicchelli Velloso:

  • Outros nomes
    • Rodrigo Cicchelli Velloso
  • Habilidades
    • compositor
    • professor universitário
  • Relações de Rodrigo Cicchelli Velloso com outros artigos da enciclopédia:

Espetáculos (1)

Fontes de pesquisa (5)

  • RODRIGO Cicchelli Velloso. In: Sussurro, Rio de Janeiro. Disponível em: < http://sussurro.musica.ufrj.br/abcde/c/cicchellirod/cicchelliro.htm >. Acesso em: 11 ago. 2014.
  • SIMAS, Carolina. Reportagem: Musica eletroacústica: do erudito ao popular. Com Ciência, revista eletrônica de jornalismo cientifico. Disponível em: < http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=54&id=684 >. Acesso em: 11 ago. 2014.
  • VELLOSO, Rodrigo Cicchelli. Currículo do sistema Lattes. Disponível em: < http://lattes.cnpq.br/7125447837668046 >. Acesso em: 11 ago. 2014.
  • VELLOSO, Rodrigo Cicchelli. Do Concreto ao Simbólico. In: Sussurro, Rio de Janeiro. Disponível em: < http://sussurro.musica.ufrj.br/abcde/c/cicchellirod/pesquisa/principal.htm >. Acesso em: 11 ago. 2014.
  • VELLOSO, Rodrigo Cicchelli. Eletro-acústicas. In: Electro-acústicas. [Rio de Janeiro] : ABM Digital, 2008. 1 encarte de CD.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • RODRIGO Cicchelli Velloso. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopediaitaucultural.org.br/pessoa12936/rodrigo-cicchelli-velloso>. Acesso em: 23 de Ago. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7